4.7.12

Eu sei o que você está pensando- John Verdon



SINOPSE: Eu sei o que você está pensando propõe um enigma que parece insolúvel. Um homem recebe pelo correio uma carta provocadora que termina da seguinte forma: " Se alguém lhe dissesse para pensar em um número, sei em que número você pensaria. Não acredita? Vou provar. Pense em qualquer de um a mil. Agora veja que conheço seus segredos."
   O destinatário, Mark Mellery, pensa no número 658e, ao abrir um envelope que acompanha a mensagem, descobre que o autor da carta previu corretamente o número que ele acabara de escolher de modo aleatório. Como isso seria possível?
   Desesperado com os bilhetes ameaçadores que se seguem à carta, Mark, um guru da autoajuda, procura um velho colega de faculdade, o brilhante detetive David Gurney, recentemente aposentado do Departamento de Polícia de Nova York.
   Aos 47 anos, 25 deles dedicados a desvendar terríveis casos de homicídio, David acaba de se mudar com a esposa, Madeleine< para uma fazenda no interior do estado e tenta se adaptar a um novo estilo de vida. Mas sua mente, extremamente lógica, é fisgada pelo quebra-cabeça apresentado por Mark.
   O "superdetetive", apelido que ganhou da imprensa no auge da carreira, percebe que encontrou um vilão à sua altura quando as estranhas ameaças terminam em morte. Tudo leva a crer que o assassino, além de sere clarividente, cometeu um crime impossível, deixando pistas sem sentindo e desaparecendo no meio do nada.
   Consumido pelo desafio de encontrar uma resposta lógica para o caso, David aceita trabalhar como consultor  na investigação, colocando em risco seu já debilitado casamento e até mesmo sua vida.
   Considerando uma revelação, John Verdon criou em seu livro de estréia um personagem denso, cerebral, capaz de resolver crimes dignos de Hercule Poirot e Sherlock Holmes. Aclamado pelo público e pela crítica, Eu sei o que você está pensando vendido para 24 países.



   Como diz a sinopse, realmente o autor é uma revelação. Um livro bem escrito e bem articulado, se bem que no começo eu demorei a me sintonizar na história, mas foi só no começo.
   O livro traz uma trama surpreendente. A medida que fui lendo, fui ficando mais curiosa ainda para saber quem é o autor dos bilhetes. É ilógico uma pessoa mandar um bilhete para outra que a princípio ela nunca viu, e "adivinhar" o que ela pensa. Mas é o que acontece no livro. A medida que se vai lendo, a gente acaba tentando descobrir quem é o assassino, mas acaba descobrindo só junto com o detetive, pelo menos eu não consegui imaginar quem poderia ser o assassino antes do detetive descobrir.
   Fiquei intrigada o tempo todo com a vida do detetive, ele parece que não vive bem com a esposa, mas ela  é praticamente seu braço direito. A margem da vida dos dois, tem uma amiga que não fala se é só amiga ou pode ser amante.
   Para conseguir acompanhar o livro tem que ser bem atenta, um detalhe que escapa tem que voltar na leitura.
   O desfecho do caso de assassinato foi surpreendente, mas a da vida do detetive deixa a desejar. è um personagem que ainda pode ser muito explorado pelo autor, daria histórias de assassinato incríveis.
   Apesar de ser um autor pouco conhecido e seu livro não ser tão divulgado, a leitura é excelente.
   Muito recomendado.



Minha nota: 10 

 

12 comentários:

  1. Não é todo romance policial que gosto, não sei se gostarei desse, talvez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verônica Sobreira, não é um estilo que me atrai mto tbm, mas esse é maravilhoso. adorei. bj

      Excluir
  2. Menina, estou com esse livro na fila já faz um tempão, mas estou sempre adiando a hora de ler. Gosto muito de romances policiais, estilo Harlan Coben e James Paterson, e acho que esse autor tem um ritmo bem parecido. Não conhecia, mas mesmo assim, resolvi me aventurar e comprar numa promoção. Com a sua resenha, estou pensando seriamente em furar a fila... kkkkkkkkkkkkk
    BJS! Adorei o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elimar, flor,fura a fila, você não vai se arrepender. Eu amo esse livro, a trama é excelente, só consegui desvendar a trama junto com o detetive da história.
      bjs

      Excluir
  3. Gostei da resenha. O livro parece ser interessante e de repente, se vier a cair em minhas mãos, dou uma chace. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro um suspense... e quando o livro me deixa vidrada na trama para desvendar o mistério,eu fico louca.. a arqueiro tem acertado nos lançamentos e nos autores.. adorei a resenha.. mais um para minha lista..

    ai meldels.... meu bolso chora!!!

    kkkkk


    bjss

    Bianca

    www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bianca, mada o meu bolso já foi a falência. rsrsrsr
    leia, você não vai se arrepender. O autor é desconhecido mas realmente é uma revelação.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Flor, de uma chance à John Verdon, tadinho. rsrsrsr
    Brincadeiras a parte o livro merece uma chance.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Esse livro está na minha lista a muito tempo. gosto muito deste estilo. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, se você gosta desse estilo, vai amar o livro.bjo
      Eykler

      Excluir
  8. Gostei da resenha, mais não é um livro que eu leria agora e nem compraria, gosto do tipo de livro, mais sei lá, não me chamou muito atenção..

    bjs
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila de uma chance ao livro, quem sabe você gosta. bjo
      Eykler

      Excluir