2.5.13

Encontro em Capri - Edna Guedes

Olá amigos!!!!
Hoje eu trago hoje o livro da Edna Guedes. Esse livro me foi enviado como uma publicação independente. Eu não sei o que as editoras pensam em deixar romances tão gostosos de ler sem publicar.



compre aqui

Sinopse: Impossível não se apaixonar quando você está em Capri. A ilha é pura magia ainda mais quando você encontra o primeiro amor. Foi o que aconteceu com Tatiana ao se deparar com Aitor naquela lojinha de souvenir, um belíssimo espécime masculino que mais parecia uma estátua renascentista. Era pura magia, um verdadeiro conto de fadas. A paixão foi recíproca e implacável. Ele tinha pressa. Ela não tinha dúvidas. Porém, nem tudo são flores nesse paraíso. Ela precisava voltar ao Brasil porque sua mãe havia sofrido um acidente,
mas não deu tempo de avisar Aitor o ocorrido. Não conseguindo entrar em contato com ele de imediato, apenas dois dias depois ela pôde enfim contatá-lo mas foi quando soube que nem sempre aquele homem lindo e perfeito estava sendo sincero e que tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto e talvez o romance que viveu naquela ilha paradisíaca não tenha sido tão real. Uma mulher atende ao telefone e se identifica como a esposa de Aitor. Seu conto de fadas foi destruído de imediato. Será mesmo que ela foi tão estúpida a ponto de acreditar em tudo o que viveu naquelas semanas tão perfeita? Quem era Tonia Rivera e o que essa mulher significava na vida dele?

Autora:


Edna Maria Guedes nasceu aos 08 de maio em Recife, Pernambuco. É bacharel em Turismo e Direito pela Universidade Católica de Pernambuco nos anos de 1990 e 2000, respectivamente, mas sempre gostou mesmo foi das Letras. Casada e mãe de uma filha, quando criança escrevia poesias e já na fase jovem adulta, passou a escrever histórias para as amigas que adoravam ler romances. Foi a maneira que ela encontrou para que as meninas gastassem menos dinheiro comprando romances nas bancas de revistas, fabricando suas próprias fantasias. Contava sempre com o incentivo de seus professores de português a contar suas histórias através de redações e crônicas que elaborava na universidade. Edna costuma ver a vida com muito romantismo. E nesse mundo dominado pela violência, por que não parar e ler histórias de amor, sonhar e suspirar com príncipes e princesas encantados, amores impossíveis e complicados, que vencem barreiras e inúmeros obstáculos que fazem tudo valer a pena, das mentiras mais simples até a rendição incondicional de um grande amor, num lugar onde tudo é perfeito e nada é impossível?



Encontro em Capri é daqueles romances que fazem a gente viajar por pelo livro.
Tatiana é uma menina que foi para Itália estudar o idioma. Filha de um pai no estilo "coronel", não foi fácil convencê-lo a deixá-la ir; mas com ajuda de sua mãe ela pode desfrutar desse sentimento de liberdade.O sentimento que ela tem na Itália e de : "Viva a liberdade". Pela primeira vez na vida longe de seu pai, Tatiana pode em fim respirar o ar de ser si própria.Em um de seus passeios. Tatiana vai até Capri, e aí a mágica do amor acontece...Aitor é um belo espanhol que se estabeleceu em Capri. Quando vê Tatiana, ele diz a ela que encontrou tudo oque procurou a vida toda. Tatiana toda desconfiada, não dá muita conversa para o nosso belo moçoilo, mas creio que persintência deve ser o sobrenome de Aitor, porque ele não desiste, e ainda convence a nossa mocinha a passar uma semana com ele.
Tatiana aceita a proposta de Aitor, se desliga do mundo e do motivo que a fez ir para Itália e embarca nesse conto de fadas. No final do período pedido por Aitor, ela se vê diante de um dilema: ir embora e nunca mais vê-lo, ou curtir toda aquela loucura e ficar pra sempre com ele. Mas no meio disso tudo, ela recebe uma ligação do Brasil, onde ela fica sabendo que sua mãe sofreu um acidente e ela deve voltar no próximo voo.Sem ter como avisar Aitor do que aconteceu, ela junta tudo que pode e embarca de volta pra casa. Aí sim começa o inferno na vida de Tatiana.Ela tenta falar com Aitor depois que as cosias com sua mãe se resolvem, mas o que ela escuta é uma mulher atender o telefone dele, e dizer que tudo que ela viveu na Itália foi uma farsa e que Aitor só quis brincar com ela...
Seu pai que já não era flor que se cheirasse,  piorou ainda mais. 
Tatiana de mocinha determinada, vira a mocinha sofredora. Não porque ela quisesse assim... Toda vez que ela pensava em um plano para fugir, seu pai se adiantava e a aprisionava...
Falando assim dá impressão de Tatiana ser mais uma daquelas mocinhas que nos dão nos nervos. Mas não é...
Depois de formada, ela via trabalhar com seu pai no seu escritório de advocacia. E numa transação comercial, adivinhem que ela encontra?????
Pois é nosso lindo moçoilo a encontrou, e quer resolver o que ficou pendente entre eles. Nessa hora ambos me deram nos nervos. Custa um ouvir o outro ao invés de ficarem "chovendo no molhado"?Quando os dois por fim se acertam e você pensa no viveram felizes para sempre, o pai de Tatiana apronta de novo...Gente aquilo não é um pai... Momentos de tensão.... O pai dela aprontou tudo o que podia e não podia para cima de Tatiana.  Sim, sim nossa mocinha vai ter que se livrar de poucas e boas para poder ficar com seu amado.
Eu li o livro num tapa. Peguei-o e em cinco horas havia terminado. Ele prendeu a leitura, porque cada capítulo que lia eu queria saber como Tatiana ia se livrar de tudo que estava sendo tramado pelo seu pai.
Recomendo muito para quem gosta de nossos belos romances docinhos, com um tempero de "parece que tudo vai dar errado."
E para embalar a minha leitura; Andrea Bocelli que eu simplesmente amoooooooooooo!



Beijos!!!











9 comentários:

  1. Ai meu Deus Increr! Eu estou com ele aqui pra ler, mas como surgiram outros compromissos acabei adiando a leitura, até mesmo porque como você mesmo disse os livros da Edna a gente lê em um tapa... e pela sua resenha esse vou ler em um piscar de olhos. Quando fizer a minha resenha te aviso para trocarmos ideias!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Parece um livro uma história muito legalr Eykler. Não conhecia está autora ,mas pelo visto você gosotu do livro. Fica a dica .Valeu

    ResponderExcluir
  3. Eu amo romances docinhos e reencontros ..... esse livro deve ser um sonho... lindo.. eu preciso ler.. você tirou a semana para me tentar né amiga???

    resenha maravilhosa!!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Uma resenha gostosa de um livro que não conhecia, mas que já fiquei bem curiosa pra conferir. Parece ser o estilo dos romances Sabrina e Julia da falecida Nova Cultural não é mesmo?
    Vou colocar na lista. Qualquer dia desses pego para ler. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Agora o que eu faço? Doida de vontade de ler o livro que eu fiquei? Adoro esses romances açucarados. São ótimos para fazer a gente relaxar. E se você leu em cindo horas, é porque ele deve ser uma delícia mesmo. BJS!

    ResponderExcluir
  6. Ela leu em cinco horas porque não tem o que fazer. kkkkk Brincadeirinha! Obrigada, Eykler, pela resenha linda. Beijosssssssss

    ResponderExcluir
  7. Minha gente, estou quase diabética de tanto que gosto de escrever e ler, romances assim, açucarados. Confesso, sou besta mesmo. kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Pela sua resenha, deve ser bem legal.
    Gostei de conheçer melhor o livro haha
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, adoro livros assim.. e é tão legal quando na resenha, nós sentimos a emoção, e o quanto vc gostou do livro..
    Quero ler este livro agora ^^

    beijos Mila

    ResponderExcluir